Está quase a fazer um ano desde que a BlackBerry lançou o seu primeiro smartphone com sistema operativo Android, alterando por completo a sua estratégia de negócio no que respeita à plataforma móvel da qual é proprietária, a BlackBerry OS.

A mudança do seu sistema BlackBerry OS para o Android da Google terá sido o último esforço para que a empresa se mantivesse entre os melhores fabricantes de smartphones e o primeiro modelo lançado – o BlackBerry Priv – mostrou portar-se bem melhor a correr em Android do que com a última versão do BlackBerry OS, que já ía na sua décima versão.

Foi neste sentido que a empresa resolveu lançar um novo modelo com Android, desta vez com um preço mais apelativo, que é o mesmo que dizer, mais barato. Enquanto o Priv está à venda por 699 dólares, um pouco acima do valor de mercado tendo em conta que este é o primeiro modelo da marca com este sistema operativo, John Chen, CEO da BlackBerry, afirmou numa recente entrevista à Bloomberg que o novo modelo se irá posicionar como um equipamento de gama média, podendo chegar a valores mais simpáticos na ordem dos 250/350 dólares. Como já adiantámos neste artigo sobre o próximo BlackBerry, o próximo smartphone com Android da BlackBerry poderá chamar-se Vienna.

Ainda assim, é de salientar que o BlackBerry Priv já rendeu mais de 700 mil unidades e que será lançado em 31 novos mercados nos próximos meses.