A BQ é uma marca de smartphones espanhola e o seu topo de gama Aquaris M5.5 destaca-se por oferecer uma série de características bastante interessantes, a começar pelo seu enorme ecrã multitoque com 5,5 polegadas. Terá este modelo outros predicados a realçar?

Sim, tem. Mas antes de lá chegar deixa-me salientar a característica que, na minha opinião, foi a que menos me entusiasmou: a câmara fotográfica. Apesar de captar imagens com boa qualidade, a verdade é que quem já experimentou os melhores modelos da Samsung ou o iPhone (a partir do modelo 5), não vai encontrar neste Aquaris M5.5 um equipamento à altura. Outro dos aspetos menos positivos é a moldura que aparece quando se ativa a câmara, onde mais de um terço do ecrã é ocupado pelo botão tátil de captação de fotos. Um verdadeiro exagero que penso possa ser resolvido numa das próximas atualizações ao firmware deste equipamento.

BQ Aquaris M5.5

Ano de Lançamento: Junho 2015
Plataforma: Android 5.1.1 (Lollipop)

CPU: Quad-core 1.5 GHz Cortex-A53 & quad-core 1.0 GHz Cortex-A53
GPU: Adreno 405
Chipset: Qualcomm MSM8939 Snapdragon 615
Memória RAM: 2GB (modelo testado)
Memória interna: 16GB (modelo testado)
Memória externa: microSD até 64GB

Conetividade: GSM, HSPA, LTE, Wi-Fi 802.11b/g/n, GPS, GLONASS, Bluetooth 4, NFC, Dual SIM, Micro-SIM, Jack Áudio 3,5mm, rádio FM, microUSB 2.0 e USB (OTG)
Ecrã: IPS LCD Multi-toque de 5,5 polegadas, Quantum Color +, resolução de 1080×1920 pixéis (~401ppi), 16M cores e proteção Asahi Dragontrail Glass
Sensores: acelerómetro, proximidade, giroscópio e bússola
Câmara: 13MP (principal) e 5MP (secundária), Flash LED, TouchFocus, HDR, Panorama e Geo-Tagging

Dimensões (Altura x Largura x Espessura): 151,8 x 75,5 x 8,35mm
Peso (gramas): 162
Bateria: Li-Po 3620mAh

Preço: 319,90 € (2GB + 16GB)

C|onnect

Hoje em dia não faz sentido nenhum lançar equipamentos do tipo smartphone ou tablet que não integrem as mais conhecidas formas de ligação à Internet, desde o 3 e 4G até ao Wi-Fi. Este BQ Aquaris M5.5 fá-lo muito bem, ainda que não ofereça o mais recente protocolo Wi-Fi 802.11ac. Mesmo assim portou-se à altura dos melhores no que respeita à fluidez no acesso à Internet, assim como muitas vezes foi útil na utilização como hotspot Wi-Fi (partilha de Internet). De resto, a versão 4.0 do Bluetooth – para ligação a auscultadores – é perfeita, assim como também o é o sintonizador de rádio FM, uma funcionalidade que foi buscar aos equipamentos móveis mais antigos. Neste caso, será sempre necessário ligar uns headphones com fios, que servirão como antena. A navegação GPS (com A-GPS e GLONASS), o NFC (Near Field Communication) e a entrada microUSB OTG (On-The-Go) perfazem as restantes funcionalidades quanto a ferramentas de conetividade.

BQ Aquaris M5.5 Connect

O|ffice

Para um profissional em constante movimento, a escolha de um novo smartphone passa quase sempre pelo tamanho do ecrã e pela autonomia da bateria. Este BQ Aquaris M5.5 oferece 5,5 polegadas de diagonal e destaca-se pela sua excelente capacidade ao toque – talvez até demais (cuidado com os toques acidentais) – e pela sua resolução Full HD (1080 por 1920 pixéis) com uma densidade de ~401ppi. Muito me agradou esta resolução quando comparado com, por exemplo, equipamentos bem mais caros como são o Samsung S6 ou o iPhone 6. Depois tens a loja de aplicações da Google, com tudo e mais um par de botas no que respeita a Apps para trabalho outdoor, nomeadamente ferramentas do Office (Word, Excel, etc.) e de acesso ao e-mail. As velocidades de ligação à web são a cereja no topo do bolo: muito rápidas e eficientes, principalmente a partilha de Internet, que utilizei frequentemente quando fiquei sem saldo de dados no meu iPhone. Já a bateria, com capacidade Li-Po 3620mHz, promete muitas horas sem “ver” a ficha do carregador de energia. Esta foi uma das características que mais me entusiasmou. O teste a este BQ Aquaris M5.5 já dura há mais de um mês e posso dizer que só o tenho carregado de 3 em 3 dias, sendo que na última semana o tenho utilizado conetado a um smartwatch, que em breve será testado pela tech37. De realçar ainda a capacidade para a utilização de dois cartões SIM, que podem ser de duas redes móveis distintas, uma para trabalho e outra para utilização pessoal, por exemplo.

O BQ Aquaris M5.5 é perfeito para trabalhar on-the-go

P|lay

A dimensão do ecrã é uma das principais características a analisar se o vosso objetivo for utilizar o smartphone como objeto de entretenimento. Aqui o tamanho conta, e muito! Quanto maior for, e neste caso estamos perante um dos maiores (5,5 polegadas), melhor será a forma de como aproveitamos todas as aplicações multimédia e fotográficas que podemos descarregar na loja Android Play Store. Jogos? São um deleite. Ainda que o processador possa ser um pouco “preguiçoso”, a verdade é que raras vezes me deixou “pendurado”. Tudo dependerá, no fim, do número de aplicações que estão abertas em simultâneo. Uma última nota para a qualidade sonora debitada por este Aquaris M5.5 e que não terá muitos rivais quando o price-point vem à baila. Combina a tecnologia Dolby Atmos com a envolvência 3D, capaz de criar ambientes sonoros muito ricos e “quentes”.

O BQ Aquaris M5.5 ofecere um grande ecrã para jogos móveis e dispõe de tecnologia Dolby Atmos 3D para um som mais envolvente

M|emory

Testei o modelo com 2GB de RAM e 16GB de armazenamento interno, que julgo perfeito para um utilizador que esteja a adquirir o seu primeiro smartphone. Ainda que este modelo possibilite a expansão da memória até 64GB através de cartões microSD, aconselho sempre à compra do modelo com 32GB, que será sempre uma mais-valia quando quiseres carregar para o equipamento todos os teus filmes, fotos e ficheiros profissionais. Os 2GB até se estão a portar lindamente, com poucas quebras no processamento. Contudo, por mais 20 euros, a aquisição do modelo com 3GB será bem mais vantajosa.

O BQ Aquaris M5.5 testado dispõe de 2GB de RAM e 16GB de memória interna

U|ser-friendly

Assim que peguei neste BQ Aquaris M5.5, a sensação ao toque não foi a melhor. Agradam-me mais os dispositivos com outro tipo de textura, à base de aço ou alumínio. Contudo, para quem já está habituado ao plástico, vai encontrar neste Aquaris M5.5 uma excelente surpresa, com uma cobertura à base de policarbonato. O vidro antidedadas e a capa que envolve todo o equipamento são da melhor qualidade (afirma a marca que tem origem sueca), sendo este último de alta resistência e perfeito para o proteger de impactos mais violentos. Nesta área é de destacar os 5 anos de garantia oferecidos pela marca (2 de garantia legal + 3 de garantia comercial). Para conheceres esta campanha em pormenor podes entrar aqui no site da empresa, ou aqui para saberes de que forma funciona o seguro BQ Plus.

O BQ Aquaris M5.5 é revestido a policarbonato e possui um vidro antidedadas

Contras

  1. O material de construção, à base de policarbonato, não é o meu preferido
  2. Os 2GB de RAM podem ser insuficientes ao longo do tempo
  3. Praticamente todas as características e funcionalidades encontradas na câmara fotográfica

Prós

  1. Ecrã tátil até 10 dedos muito eficiente e de qualidade
  2. Expansão da memória até 64GB via microSD
  3. Qualidade de som Dolby Atmos
  4. Qualidade do som da coluna externa
  5. Quantidade de ligações, nomeadamente as mais futuristas como o NFC
  6. Autonomia da bateria
  7. Dual SIM

Benchmark Tests

AnTuTu Benchmark

antutu-benchmark-bq-aquaris-m5.5

Ver ranking

3DMark Benchmark

 3dmark-benchmark-bq-aquaris-m5.5

Ver ranking


TechPitch Score

A tech37 rege-se por uma metodologia de testes própria, com um sistema de avaliação gráfico único, tendo sempre como fator diferencial a opinião pessoal de quem testa o equipamento em análise. Os únicos dados não empíricos são retirados de duas aplicações de Benchmark reconhecidas: AnTuTu Benchmark e 3D Mark Benchmark.

A experiência obtida com este BQ Aquaris M5.5 foi bastante positiva. A dimensão e qualidade do ecrã destacaram-se nos testes a funcionalidades profissionais e de entretenimento, embora nesta última a câmara fotográfica tenha ficado muito aquém do que esperava. O Aquaris não capta más fotos. Não está aqui o problema. Está antes no modo de captação, cujo a área do botão de captura ocupa mais de um terço do tamanho do ecrã. É uma pena que assim seja, mas calculo que possa corrigido numa próxima atualização ao telefone. A sensação ao toque também não foi das características que mais gostei, mas aqui terá mais a ver com o gosto pessoal de cada um. Neste sentido, recomendo sempre a experimentação antes da sua aquisição. Em resumo, e tendo em conta o seu reduzido preço de apenas 319,90 euros, o BQ Aquaris M5.5 oferece boas prestações de processamento e uma boa qualidade no que respeita à qualidade dos materiais com que foi fabricado. É, sem dúvida, um dos melhores smartphones para quem se quer iniciar no mundo da tecnologia móvel mais avançada.

Este BQ Aquaris M5.5 é um VIG – Very Important Gadget.

techpitch-score-bq-aquaris-m5.5


Comunidade tech37

Se tens um equipamento igual a este podes ajudar quem está indeciso na sua aquisição, bastando para isso que deixes a tua breve opinião sobre o BQ Aquaris M5.5 nos comentários deste artigo ou na página de Facebook da tech37 em facebook.com/tech37.

A tech37 agradece à BQ a gentileza de ter disponibilizado o BQ Aquaris M5.5 para testes.